Violão impecável

Quando assistimos uma apresentação ao vivo, podemos notar que o roadie entrega o violão ao músico, limpinho e afinadinho, na hora de tocar determinada música. Não imaginamos que  por trás disso, está o trabalho de um profissional, que cuida muito bem do instrumento, para que o músico possa fazer sua performance.

Violões e instrumentos de cordas em geral, precisam de cuidados. A tocabilidade é mantida a partir desses cuidados. Entre os cuidados básicos, está a limpeza da escala e do corpo, troca de cordas, regulagem do tirante (ou tensor, como preferem alguns). Rebaixo ou calçamento do rastilho e pestana e revisão da parte elétrica.

Como deixar o violão macio

Esses cuidados são necessários, principalmente por conta da mudança de temperatura e umidade. O cuidado começa com a compra de um case rígido ou capa acolchoada, para o violão. Os cases rígidos são mais adequados, muitos deles possuem inclusive isolamento térmico. Esse isolamento protege o violão da mudança de temperatura e umidade do ar, respingos, sol e outros.

Calor e humidade

Um dos fatos mais catastróficos que podem ocorrer é deixar o violão, mesmo protegido pelo case, dentro do carro no sol. O aumento da temperatura faz com que os vários tipos de madeiras usadas para a construção do violão trabalhem. Cada madeira reage de uma forma diferente a esse aumento da temperatura, provocando rachaduras, descolamentos e empenos.

Da mesma forma, não é aconselhável levar um violão caro, para a beira de uma fogueira, ao relento. A combinação de sereno, frio e o calor da fogueira pode ser fatal. Assim, o ideal é ter um instrumento mais barato, para usar nessas ocasiões, o violão da fogueira.

Como trocar as cordas do violão

Deixe sempre panos limpos e secos dentro do case ou capa. Enxugue e limpe qualquer resíduo, respingos e poeira que se depositem na superfície do violão imediatamente. Mantenha também as cordas secas e limpas, passando a flanela sobre elas, depois de uma ação. A química das mãos oxida as cordas, deixando-as escuras e sem brilho. O som fica abafado e vai, gradualmente perdendo a afinação.

Troca de cordas

Na troca de cordas, verifique o calibre que está sendo usado. Se pretende mudar o calibre das cordas, provavelmente vai precisar fazer um ajuste no tirante. O calibre das cordas mudando, mudará também a tensão que estas fazem sobre o braço do instrumento. Uma corda 009, por exemplo exercerá uma tensão muito menor que uma 011 ou 012. Se vai usar o mesmo calibre, solte as cordas, de forma progressiva.  Desafine um pouco cada corda, até que todas possam ser retiradas.

Se for necessário, faça uma limpeza primeiramente na escala. Escala muito suja, limpe com uma escova de dentes macia e um pouco de detergente neutro, diluído em água. Esfregue a escala tirando a massa preta que se acumulou e enxugue imediatamente. Nâo deixe a escala muito úmida por muito tempo. A água não pode secar na escala. Molhe a escova, esfregue e seque na hora.

Chave do tirante do violão

Escala limpa, limpe com um de solução para limpeza o dorso do braço e o corpo do violão. Existem várias marcas desses limpadores nas lojas de instrumentos musicais. Ceras também podem ser usadas para fazer essa limpeza, como a Grand Prix, líquida ou em pasta. Verifique a condição do rastilho, da pestana e das demais peças do violão.

Ajuste do tirante

Com a mudança do calibre das cordas, talvez seja necessário um ajuste no tirante. Coloque as cordas, afine e verifique a ação. A altura das cordas com relação aos trastes aumentou? Se ficou muito alto, a ação se torna mais difícil. Faça um ajuste na porca do tirante, usando a chave Allen, que veio com o violão.

Faça isso devagar. Um pequeno toque no tirante, verifique o arqueamento da escala em relação às cordas. Mais um toque, verifique novamente. Reafine e toque as notas em todas as casas, corda a corda. Não está trastejando? Tente abaixar mais ainda a ação, com mais um toque no tirante. Quando chegar no limite, notas irão trastejar em algum ponto da escala. Quando isso acontecer, volte um pouco o tirante, reafine e confira novamente.

Como trocar as cordas de um violão de nylon

Se o seu violão não pega mais regulagem, verifique a condição dos trastes. Se há trastes soltos ou levantados. Também verifique se há sulcos em algum traste, feito pelas cordas, ao longo do tempo. Você pode tentar, se isso acontecer, o nivelamento dos trastes.  Lembrando que é uma tarefa para alguém que tem alguma experiência em lutheria. Caso tenha feito nosso Curso de Manutenção de Guitarras, poderá tentar o nivelamento, com boas chances de sucesso.

Translate »

Pin It on Pinterest

Share This