Escolha uma Página

A Excelência das Guitarras PRS

As guitarras Paul Reed Smith – PRS, são instrumentos  versáteis que combinam características das melhores guitarras fabricadas no mundo. Seu design construtivo permite um feedback sonoro da mais alta qualidade. São especialmente usadas em gravações por sua alta performance. As guitarras PRS são usadas por vários artistas famosos, entre eles Neal Schon, Dave Navarro, Warren Haynes, Derek Trucks e Carlos Santana.

O luthier americano Paul Reed Smith fundou a manufatura PRS na cidade de Stevensville – Maryland (EUA) em 1985. transformou-se rapidamente em um sinônimo de excelência. Suas guitarras são joias com acabamento, tocabilidade e som impecáveis. A marca possui um escritório na Alemanha para distribuição de seus produtos na Europa.

Guitarras PRS Red Tiger

Madeiras e Tecnologias

As guitarras PRS transpiram qualidade. O corpo das guitarras PRS são trabalhados um a um, entre as madeiras usadas na sua construção estão o mogno, maple e jacarandá. Inicialmente a escala de alguns modelos era feita com uma lâmina de jacarandá brasileiro, posteriormente substituído pelo jacarandá indiano.

A PRS incorporou as tecnologias de fabricação de outros modelos consolidados como a Gibson Les Paul. Trouxe muitas inovações, principalmente na parte elétrica, captação de fabricação própria, com baixíssimo nível de ruído. PRS também desenvolveu uma sólida alavanca para vibrato, precisa na entonação do instrumento.

Os instrumentos fabricados pela PRS possuem uma garantia de fábrica de 2 anos. Infelizmente os importadores brasileiros não honram essa garantia, que fica resumida a 3 meses, de acordo com a legislação brasileira. Entre os modelos mais caros, está a PRS SE Angelus, com exclusivos captadores piezo custom.

Guitarras PRS Tiger Wood

Modelos PRS

Posteriormente a fábrica lançou a série PRS S2, instrumentos com design e padrão de excelência das guitarras americanas a preços mais acessíveis ao consumidor médio. Três modelos das S2 estão disponíveis hoje no mercado, com corpo de mogno: S2 custom 24 (escala de 25 polegadas com 24 trastes – Tremolo PRS), S2 Mira e S2 Starla (esses dois modelos com escala de 25 polegadas e 22 trastes – A Mira com Tremolo PRS Stoptail e a Starla com vibrato Bigsby B50), com diferenças na captação e acabamento.

O braço desses modelos é feito de mogno com escala de jacarandá. Parte elétrica com controle de volume, controle de tom e split push para mudança de humbucker para single coil nos captadores.

A S2 Mira responde como uma fera aos riffs e solos, enquanto na S2 custom 24 o timbre é mais suave e refinado. A S2 Starla possui um timbre mais característico por conta do seu vitrato Bigsby.

No caso das guitarras PRS, o resultado é muito mais que a soma das partes, independente dos componentes usados nos modelos disponíveis, a qualidade permanece inalterada e surpreendente, como sempre.

O preço médio da série S2 varia entre 1.100 e 1.400 dólares americanos. Isso, claro, são preços praticados nos Estados Unidos. No Brasil elas chegam com um preço um pouco mais salgado e menos opções na escolha de cores e modelos.

Translate »

Pin It on Pinterest

Share This