Anatomia da Guitarra: Corpo e Componentes

Publicamos aqui a anatomia da guitarra, sua estrutura e partes. A guitarra elétrica é composta de um corpo de madeira que abriga componentes elétricos, ponte, braço, escala, escudo e tarraxas.

Corpo

Corpos de guitarra são normalmente construídos de madeira sólida, inteira ou em partes coladas. As madeiras mais usadas são Maple, Alder e Mogno. Existem também corpos feitos de vários materiais, como acrílico e fibras sintéticas. O acabamento evoluiu muito nas últimas décadas, com lacas e efeitos diversos aplicados em camadas sucessivas. Um corpo bem construído e com o peso certo vai determinar o timbre da guitarra, juntamente com os captadores, braço e escala.

Anatomia da Guitarra

Braço

Braços de guitarra podem ser construídos em vários ângulos, mais triangular ou mais arredondado na parte onde a palma da mão se encaixa. Normalmente são feitos de Maple ou Alder, com escala em Maple ou Jacarandá (escala escura). A escala pode ser reta ou abaulada e as casas podem ser retas, abauladas ou côncavas. O acabamento normalmente é feito com uma fina camada de verniz ou encerado. Braços podem ser parafusados ou colados ao corpo, dependendo do projeto. Braços colados tendem a produzir um som com mais sustain.

Headstock ou Mão

O headstock abriga as tarraxas para afinação e a pestana, que determina o início da escala. Também é o local onde vai a marca, modelo e o número de série do instrumento.

Escala

A escala é onde são aplicados os trastes que definem as casas onde são digitadas as notas no instrumento. Tem um comprimento variável. Alguns instrumentos vem com 21, outros com 24 casas (duas oitavas).

Trastes

São filetes metálicos aplicados para marcação das casas e consequentemente, notas na escala do instrumento. Podem ser de várias espessuras, sendo muito comum hoje em dia o uso de trastes mais largos, chamados de jumbo.

Anatomia da Guitarra: Braços

Pestana

A pestana determina o início da escala, ficando entre esta e o headstock. Normalmente é feita de osso animal mas existem muitos outros materiais sintéticos usados em sua fabricação.

Escudo

O escudo é feito de material sintético, plástico, acrílico e outros, é onde são fixados os componentes da parte elétrica como captadores, potenciômetros e chaves seletoras.

Parte Elétrica

A parte elétrica, na maioria das guitarras é montada no escudo do instrumento, para facilitar a manutenção. Algumas guitarras possuem os captadores aplicados direto em uma cava no corpo do instrumento. A parte elétrica é um circuito com captadores, chave seletora, potenciômetros e Jack. A anatomia da guitarra pode variar com relação ao uso ou não do escudo.

Captadores

Os captadores captam a vibração das cordas e transformam em sinal elétrico que é enviado para o amplificador.

Botões de Volume e Tonalidade

Tem a função de controlar o volume, graves e agudos do instrumento.

Chave Seletora

A chave seletora pode ligar um, dois ou mais captadores, individualmente ou em conjunto, mixando seu som.

Desenho da Anatomia da Guitarra

Jack

O jack é onde se liga o cabo que vai levar o sinal para o amplificador. Geralmente está localizado na frente ou na lateral do corpo da guitarra.

Ponte

A ponte é fixada direto no corpo do instrumento e prende as cordas que são esticadas pelas tarraxas. Pontes normalmente tem carrinhos reguláveis para entonação. Algumas tem ainda a função de vibrato, com um conjunto de molas presas em uma cava. Essa cava fica no verso do corpo. Tem ainda uma alavanca que pode afrouxar ou esticar as cordas.

Alavanca

É uma haste enroscada na ponte que permite o afrouxar ou esticar as cordas para o efeito vibrato.

Tarraxas

As tarraxas são fixadas em linha ou divididas entre os dois lados do headstock, dependendo da marca e modelo do instrumento. Tem a função de esticar ou afrouxar as cordas com precisão, para afinação.

Cordas

Cordas são medidas pelo diâmetro, variando entre 0.008 e 0.013 polegadas. São feitas de aço e algumas tem um enrolamento de níquel ou cobre. Esse fio que é enrolado no aço pode ser  arredondado ou achatado. Possui uma bolinha na extremidade, para travamento da corda na ponte.

Guitarra Fender Stratocaster

Prendedores de Correia

São parafusados em duas extremidades do corpo, possibilitando que o instrumento fique em posição regulável e estável para execução.

Tirante

O tirante é aplicado dentro do braço do instrumento, com uma extremidade no headstock para inserção da chave de regulagem. A anatomia da guitarra pode mudar com relação a esse item, que pode aparecer tanto no headstock, quando na outra extremidade, junto aos captadores. A regulagem do tirante pode mudar o ângulo de curvatura do braço.

Marcações

As marcações são feitas de madrepérola e aplicadas na escala para marcação das casas ímpares (3ª, 5ª, 7ª, etc), facilitando a execução das notas.

Translate »

Pin It on Pinterest

Share This