Rock Vintage

Nos anos 1970 surgiram grandes bandas de rock. Muitas delas se tornaram verdadeiras lendas. Nem todos os que conseguiram gravar naquela época, tiveram o devido reconhecimento. Algumas lendas passaram dessa para melhor, outros seguem gravando até os dias de hoje. Muitos clássicos da época, foram remasterizados, para melhorar a qualidade do áudio. As capas dos discos de rock nos anos 70 eram um show à parte.

Não havia a facilidade que existe hoje para gravação. Para ser lançado no mercado então, mais difícil ainda. Isso, de certa maneira, fazia com que o nível das bandas fosse bom. Comentamos abaixo, 7 discos de rock 70 que não devem faltar na sua coleção. Pelo simples fato de que são obras primas do rock’n’roll. A audição deve ser feita, de preferência, no volume máximo.

Ziggy Stardust – David Bowie

Rock 70 Capa do disco Ziggy StardustLançado em 1972, chegou no Brasil um ano depois. É o quinto álbum de estúdio de Bowie, chegou ao top 5 no Reino Unido e top 200 da Billboard. Voltou a vender bem depois da morte de Bowie. Conta a historinha de Ziggy Stardust, mensageiros dos aliens. A faixa Starman chegou ao 7º lugar doTop of the Pops.
Grammys e medalhas à parte, o disco é bom. Traz 11 faixas vigorosas: Five Years, Sou Love, Moonage Daydream, Starman, It Ain’t  Easy, Lady Stardust, Star, Hang On To Yourself, Ziggy Stardust, Suffragette City e Rock’n’Roll Suicide. Destaque para a faixa título Ziggy Stardust e palmas para o guitarrista Mick Ronson. O disco é qualificado para figurar em boas coleções de rock clássico.

Site Oficial: www.davidbowie.com

BadCo – Bad Company

Capa do Disco de Rock do Bad CompanyDisco lançado em 1974 pela banda inglesa Bad Company (Paul Rodgers, Mick Ralphs, Simon Kirke e Brian Howe) é um dos trechos mais viscerais do rock 70. Destaque para a faixa título Bad Company, Movin’ On e a balada Ready For Love. Gravaram outros álbuns de qualidade, como Straight Shooter de 1975 e Run With The Pack de 1976.
O Bad Company foi formado depois da desintegração do Free, banda do vocalista e compositor Paul Rodgers e do finado  guitarrista Paul Kossof, uma das muitas lendas da guitarra (Se ainda não conhece, o hit do Free é All right Now).  O guitarrista Mick Ralphs deixou o Mott The Hoople para formar a nova banda com Paul Rodgers. O Bad Company foi a primeira banda a assinar com o selo Swan Song, do Led Zeppelin, sob o comando de Peter Grant.
Site Oficial: www.badcompany.com

Survival – Grand Funk Railroad

Capa do Disco de Rock Survival do Grand Funk RailroadBolachão de 1971, lançado pela capitol Records, ainda tinha aquela capa mole plastificada típica dos discos do início dos anos 70. Produzido por Terry Knight, é um dos grandes discos de Hard Rock. O trio era formado pelo guitarrista Mark Farner, o baixista Mel Schacher e o batera Don Brewer.

Esse disco é um dos trechos especiais da história do rock.  Chegou a ocupar o 6º lugar da Billboard, no ano em que foi lançado. Destaque para as faixas Feelin’ Alright de Dave Mason, a balada I Can Feel Him In The Morning (Farmer e Brewer) e uma vigorosa versão de Gimme Shelter, dos Rolling Stones.
Site oficial: www.grandfunkrailroad.com

Demons and Wizards – Uriah Heep

Capa do Disco de Rock Demons And Wizards do Uriah HeepLançado em 1972 pela Bronze Records, Demons and Wizards é um daqueles discos que tive que comprar mais de uma vez, pois ele furava de tanto rodar no toca discos. Não existe faixa mais ou menos nesse disco da melhor fase do grupo, ele roda do início ao fim. Uma das características que diferenciava o Uriah Heep era a qualidade melódica das músicas. Seu som característico era produzido pelo Órgão Hammond de Ken Hensley, o Pedal Wah Wah do guitarrista Mick Box e os vocais do falecido David Byron. Difícil de entender porque a banda não teve a mesma projeção que suas concorrentes da época: Led Zeppelin, Black Sabbath e Deep Purple. Vale dizer ainda, que o Uriah Heep gravou outros discos muito bons, como Sweet Freedom (1973) e Return To Fantasy (1975).
Site oficial: www.uriah-heep.com

Fragile – Yes

Capa do Disco de Rock Progressivo Fragile do YesFragile foi lançado pela Atlantic Records em 1971. Quarto álbum da banda de rock progressivo formada pelo vocalista Jon Anderson, o baixista Chris Squire, o guitarrista Steve Howe e o baterista Bill Bruford. Tinha ainda a parceria com o tecladista Rick Wakeman, que tocou em alguns discos do Yes. Destaque para Roundabout, primeiro sucesso da banda, The Fish e Mood For a Day. O clima produzido pelo Yes em seus discos dos anos 1970 é incomparável. Verdadeiras viagens sonoras inesquecíveis. Uma característica marcante do Yes eram suas capas, pintadas pelo ilustrador Roger Dean, que trabalhou para muitas outras bandas, nos anos 70. Rick Wakeman aparecia, nas apresentações, cercado por uma ilha de teclados diversos que causavam grande impacto na época. A banda gravou vários outros discos bons, como The Yes Album, de 1971, Close To The Edge, de 1972, e Relayer de 1974.
Site Oficial: www.yesworld.com

Killer – Alice Cooper

Capa do Disco de Rock Killer do Alice CooperGostando ou não de Alice Cooper, o fato é que teve uma fase muito boa. Killer, 4º álbum de Alice Cooper, lançado em 1971 pela Warner Bros é um disco energético. Alice Cooper era acompanhado pelos guitarristas Glenn Buxton e Michael Bruce, pelo baixista Dennis Dunaway e pelo batera Neal Smith, na época da gravação do disco. Teve ainda uma participação de Rick Derringer na faixa Under My Wheels. Be My Lover é um rock marcado por um riff de guitarra, com ares de hit. Destaque ainda para a faixa título Killer. Rock’n’Roll da melhor qualidade, se equipara aos melhores discos produzidos no gênero. Sem dúvida merece estar entre os bons discos gravados na primeira metade dos anos 70.

Site Oficial: www.alicecooper.com

At Fillmore East  – The Allman Brothers Band

Capa do Disco de Rock At Fillmore East do Allman BrothersDisco lendário do Allman Brothers, lançado em 1971, quando ainda tinha Duane Allman na guitarra. Duane morreu em um acidente de moto, em 1971, com 25 anos de idade. Foi considerado um dos melhores guitarristas de sua época. Gravou o clássico Layla and Other Assorted Love Songs, com o grupo Derek & The Dominos, de Eric Clapton. A identidade musical de Duane Allman foi construída com o uso do slide. Seus solos nesse disco ao vivo são arrebatadores.

Destaque para Statesboro Blues e Stormy Monday, duas grandes músicas da banda. O Allman Brothers tinha ainda em sua formação, o tecladista, vocalista e compositor Gregg Allman, uma das mais sonoras vozes do rock sulista e além do guitarrista e também compositor Dickey Betts. A banda ainda era servida pela guitarra de Berry Oakley e as baterias de Butch Trucks e Jaimoe.

Site Oficial: www.allmanbrothersband.com

Translate »

Pin It on Pinterest

Share This